Acorde! para um mundo melhor

Informativo de Sustentabilidade da KF Comunicação

Edições anteriores: Nº1   |   Nº2   |   Nº3   |   Nº4 |   Nº5  |   Nº6  |   Nº7  |   Nº8  |   Nº9

 

Cabeçalho_topo-02

Informativo de Sustentabilidade da KF Comunicação – Edição nº 10
Tecendo o futuroO debate de sustentabilidade tem ganhado cada vez mais evidência e força no mundo. Durante a Cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Desenvolvimento Sustentável 2015, 193 Estados-membros adotaram uma nova agenda global para acabar com a pobreza até 2030 e buscar um futuro mais sustentável para todos. Em outra ocasião, o Papa Francisco, durante o seu discurso diante dos chefes de Estado do mundo na 70ª Assembleia Geral da ONU, em Nova York, criticou a exploração de recursos naturais para matar a sede de poder e prosperidade material. Reforçou a ação da sustentabilidade na cadeia produtiva para evitar a geração de mais pobreza, exclusão e dependência, também cobrou a formalização de acordos fundamentais e eficazes em prol da redução de emissões de gases nocivos à atmosfera.Legado – O bom de ver os discursos de pessoas e países influentes é perceber que já não há outras alternativas se quisermos viver em um lugar melhor e deixar um legado para o futuro. O cenário mundial está crítico e não precisamos ir longe para ver o quanto as mudanças climáticas e sociais estão afetando o nosso país e a nossa economia. Estamos trabalhando em um cenário de crise, onde todas as ações são voltadas para a melhor utilização dos recursos. O importante é constatar que esses grandes discursos são um convite, ou melhor, um pedido de ação imediata para que possamos sobreviver.

Brasil – É gratificante perceber que as empresas no Brasil também estão cientes dessa necessidade. Mesmo em um cenário econômico desafiador, os investimentos em sustentabilidade não diminuíram em sua maioria. Segundo uma pesquisa da Associação Brasileira dos Profissionais de Sustentabilidade (Abraps) em parceria com a consultoria Deloitte, 72% das organizações revelaram que mantiveram ou ampliaram os investimentos em 2015.

Isso comprova uma tendência positiva com relação a crescente contribuição das empresas para a sustentabilidade e a valorização dos profissionais que atuam área, que passam, cada vez mais, a integrar o planejamento e a execução da estratégia, transformando os grandes discursos em práticas verdadeiramente sustentáveis.

Clique aqui para acessar a pesquisa completa da ABRAPS.

Fique de olho!

 

LEVEL UP+ é um aplicativo para que os cidadãos possam registrar vazamentos e desperdícios de água que encontram nas ruas. A ideia foi desenvolvida por um grupo de universitários do curso de Ciência da Computação da Universidade Uninove. O aplicativo funciona como o Instagram, em que os usuários postam fotos que evidenciem o desperdício em vias públicas, que pode ser um cano furado ou uma pessoa lavando a calçada com uma mangueira. Os seguidores podem qualificar a foto em uma escala de uma a cinco “gotinhas”. As fotos têm um geolocalizador de onde foram tiradas e o objetivo dos criadores do aplicativo é que essas imagens cheguem às companhias de saneamento de água para que o problema seja prontamente resolvido. O aplicativo levou o primeiro lugar na premiação do programa Benchmarking Brasil e do Hackathon Mais Sustentabilidade.

O Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio chega a 13ª edição em busca de projetos de estudantes e profissionais do mercado que fazem a diferença e se destacam por soluções inovadoras com a aplicação do alumínio, enaltecendo as vantagens e características do metal. O Prêmio é considerado um dos mais respeitados e prestigiados e busca contribuir efetivamente para a o desenvolvimento sustentável do mercado, abrangendo toda a cadeia produtiva do alumínio. Os projetos devem ser inscritos até 23 de outubro e podem ser voltados para a construção civil, transportes, bens de consumo, embalagens, máquinas e equipamentos, eletricidade, entre outros. Mais informações no www.alcoa.com.br.

Está aberta a exposição “Olhares da Terra do Meio”, organizada por Rafael Salazar, para o 9ᵒ Festival Hercule Florence de Fotografia, na Estação Cultura de Campinas. Entre os fotógrafos convidados está Lilo Clareto, parceiro da KF Comunicação. Juntamente com as fotos serão exibidos filmes produzidos na região da Terra do Meio (Pará), que contam a história dos ribeirinhos do local. A exposição pode ser vista até 28/10, na Sala Terra do Meio – Estação Cultura, Rua Francisco Teodoro, 1050 – Vila Industrial, Campinas/SP. Clique aqui para mais informações.